30 novembro 2008

Aceitam-se sugestões para o titulo...

Aquela música que deixaste
Não foi a primeira que ouvi
Desta vez que me amaste
Não foi a primeira em que sofri

Amor, amor sem regras
Odeio-te tanto.

Porque te apegas?

5 comentários:

Adinatha Kafuka disse...

Mais uma pergunta por responder, mais uma dúvida que não se vê desfeita. A dúvida é sempre algo presente em cada momento que vivemos, e quando amamos, a Dúvida escreve-se com D maiúsculo...

Beijola*

X_x disse...

Bem, agora já sabes por que é que muitos poemas não têm título. xD

Renato "Lp" Lopes disse...

Não sou perito porque ainda não sei o que é amor verdadeiro... Amo, mas Amor só existe quando duas pessoas se amam, e enquanto a Dúvida persiste numa delas (e digo Dúvida, não insegurança), nunca poderá haver Amor...

Porquê? Não sei. É de minha natureza saber o porquê das coisas, mas não sei a resposta a esta pergunta. E temo que nunca a venha a ter.

Adinatha Kafuka disse...

A existência de Dúvida não implica a inexistência de Amor. A Dúvida não o impede de existir, de se manifestar... A Dúvida é muitas vezes e tão-sómente um juntar de medos, que se amamos, temos. Imperetrívelmente.

Kiko disse...

Concordo plenamente com a Jin...
Agr já sabes pk muitos poemas n têm titulo...xD

mas talvez...hmmm... k tal... "coisa boa pk t foste embora?"

LOOOOOL


hj n tou bem portanto n ligues....

gosto d ti patcholi!