08 junho 2008

Eclipse

Cada vez que acabo de ler um livro tão rápido e como este, sinto que fico anestesiada a tudo à minha volta, mas sensível a todos os mundos que rodopiam dentro do meu cérebro. Infelizmente isto não se estende apenas por umas horas, mas por dias e dias, o que não me dá muito jeito no momento porque vou ter frequências esta semana. Não há de ser nada, só vou ter de tentar desanestesiar-me.

Passando à frente, percebi que o Set tem razão. Eu não sou a Bella. Nunca fui. Só porque gosto do Edward – mais do que é saudável gostar de uma personagem ficcional –, sou “semi-nerd” como ela, tenho a estúpida propensão para quedas dela e… bem, não há muito mais para dizer, não quer dizer que seja – em termos de paralelismo, entendamos, people. Ainda não sou maluca o suficiente para achar que sou MESMO uma personagem de um livro. – a Bella.

Sinceramente sou outra personagem, mas não vou dizer qual. Até usaria o nome dele como nick, mas é um rapaz. Jeez, eu até nos livros tenho propensão para ter reacções e sentimentos mais parecidos com rapazes do que com raparigas. Por amor da santa, Minna, controla-te.

Bem, era mesmo só comentar isto.

Fiquem bem…

3 comentários:

Kiko disse...

és uma atrasada...mas fico contente por me dares razão kt ao facto d n seres a Bella...era um atentado à coitada da rapariga...xD

bem...lalala...e n sei k dixer...a n ser...

VAI TRABALHAR CALONA!!!!

Nunofsky disse...

bem, tu queres que eu comente, mas falas de coisas que eu desconheço, portanto aqui vai o meu comentário:

Blurrrppp!

Anónimo disse...

apenas tenho uma coisa a dizer: folgo em saber que não mudas-te nadinha de nada nestes meses em abrantes =p....continuas a mesma malukinha de sempre e eu adoooorooo isso em ti...
és única...
bj grand
Yenny =p