31 dezembro 2008

2009

Querem uma novidade?

O ano de 2008 está a acabar!

Yah! Podem crer, também fiquei bué admirada! E sabem o que me deixou ainda mais "O quê?! Não posso!"?

Que o ano que vem é 2009!

Eu sei! Fenomenal não é... Só se vê uma coisa desta uma vez na vida! Digo-vos, uma vez na vida!



*suspiro*



Happy New Year, Suckers!

21 dezembro 2008

Férias... Yeih... weee... crap!

Pois, férias...

Já estive mais animada.

Tenho demasiado tempo para pensar nas férias.

Devia arranjar um daqueles hobbies que nos fazem parar de pensar.

Mas vim a descobrir que todas as vagas para ser prep estavam preenchidas.




*shoots self*

12 dezembro 2008

Coiso

Pois, isso mesmo, coiso.


Problema: Vou ter teste prático de rádio na segunda-feira.

Solução: Okay, aquilo nem é muito dificil. É tudo automático e vou para lá treinar um bocado.

Problema: O servidor está todo marado e não dá para treinar.

Solução: Toda a turma se recusa a fazer o teste.


Pronto, problemas de rádio resolvidos. Next.

Problema: Tenho uma reportagem para entregar quinta-feira.

Solução: A pesquisa já está toda feita é mesmo só escrever e enviar.


As coisas de géneros também.

Problema: Faltam fazer gravações para Tec. do Audiovisual.

Solução: Amanhã passar o dia com a camâra para trás e para a frente.

Problema: Tenho que me levantar cedo.

Solução: *shoots self*


*dead*

30 novembro 2008

Aceitam-se sugestões para o titulo...

Aquela música que deixaste
Não foi a primeira que ouvi
Desta vez que me amaste
Não foi a primeira em que sofri

Amor, amor sem regras
Odeio-te tanto.

Porque te apegas?

18 novembro 2008

Outro TEXTO! (Gosto mais do outro, mas este tb tá giro)

Choveu a semana passada. O parque cheira a limpo e ela caminha de bloco debaixo do braço, alheada de tudo, menos da natureza que a rodeia. As folhas caem delicadamente não fazendo qualquer ruído quando aterram, douradas, no chão de terra batida. No lago saltam peixes coloridos e lânguida, mas atentamente, os patos deslizam pela superfície. Ela olha para cada um deste pormenores e sente formigueiros nas mãos e uma ânsia de se sentar e desenhar tudo o que vê. Mas neste dia tem as suas folhas reservadas para algo mais. Continua o seu caminho e chega ao ponto que estava registado na sua mente há muito tempo. Senta-se, vira a primeira folha do bloco e começa a desenhar.
Na folha começa a surgir a árvore, os ramos desnudos, o ninho coberto pelo corpo de uma pomba branca, com uma das asas caídas para fora dele. Os olhos estão abertos, ou então pareceria que dormia e não que o seu pequeno coração deixara de bater. Não havia sangue num único ponto do seu corpo e ela não sabia como aquilo fora possível.
Porém o espectáculo fascinava-a macabramente. Pensara naquilo durante toda a semana, fechada no seu quarto, tomando os seus comprimidos, bebendo a sua água e comendo as suas refeições. Aquele cenário dominara-lhe o espírito e apenas o queria desenhar, apesar de não poder sair. Não sabia porquê, mas sentia em si que não podia sair. Temia que a pomba desaparecesse e por vezes quase chorava ao pensar nisso e não sabia se o conseguiria desenhar de memória. Quando saíra naquela manhã, não sabia o que esperar, mas tivera sorte. O seu cenário perfeito ainda ali estava.
Desenha-o o dia todo. Vezes e vezes sem conta. Só pára quando está demasiado escuro e os riscos do lápis já não se distinguem da folha, nem o corpo da pomba do ninho. Volta no dia seguinte. Não comera nada, não bebera, mal dormira. Está dominada por um desejo febril e insano. Não tomara os comprimidos.
Chovia no dia em que a encontraram caída sobre o seu bloco de desenhos. Desenhada vezes e vezes sem conta estava a mesma árvore, com o mesmo ninho e com a mesma pomba morta. Foi impossível identificar qual era a árvore, pois perto dela não havia nenhuma com uma pomba morta, ou sequer com um ninho.

13 novembro 2008

Um post por mês, é esse o meu objectivo! Yes, I can!

Uma rapariga estava sentada num café. À sua frente estava uma caneca fumegante de chocolate que ela pedira há algum tempo atrás. No momento apenas a observava atentamente como se, no líquido castanho e, que ela sabia ser, saboroso, estivesse o segredo para todas as suas preocupações. Suspirou, uma e outra vez à medida que o chocolate fumegava menos. E menos. Talvez o seu cabelo já cheirasse a chocolate quente.
– Desculpa, mas… posso me sentar?
Olhou para cima e viu outra rapariga também com uma caneca de chocolate quente na mão. Nos seus olhos via-se uma promessa de que não iria incomodar, apenas se queria sentar, já que todas as outras mesas estavam ocupadas. Ela anuiu e a rapariga sentou-se, pousando a sua caneca de chocolate. Estranhamente, tomou a mesma posição que ela, e fitou a bebida demoradamente.
A primeira rapariga começou a beber o seu chocolate. Bebia devagar, com um pensamento a fluir em cada gole. Uma maneira calma e simples de controlar a dor. Uma estratégia para impedir que a sua mente fosse invadida por demasiadas coisas que a fariam chorar. Quanto mais tempo demorasse a beber, menos coisas a feriam. Menos tempo pareceria faltar para sair daquele estado.
A rapariga à sua frente continuava a olhar para a caneca tal como ela fizera. Talvez sentisse o mesmo por razões diferentes. Talvez estivesse a fugir de algo. Não estava ela também? Não estava toda a gente à sua volta?
Bebeu o último golo e prolongou a sua dormência enquanto se levantava e arrumava a cadeira. A outra rapariga lançou-lhe um olhar calmo, cheio de dor. Ela apenas saiu.
Uma rapariga estava sentada num café.

01 outubro 2008

Praxes, aulas e trabalhos

Oh yeah, oh yeah.

Acho que o título diz tudo xD

16 setembro 2008

De comentário em comentário, fica a Minna com vontade de vos partir a boca =D

Hoje é terça-feira - como eu, com o meu intelecto superior, consegui descobrir isto é que eu não sei xD - e eu estou na escola a anhar. Durante dois dias ainda só tive uma apresentação e todos os meus professores faltaram, o que significa que acho que, quando a semana acabar, não vou ter passado nem sequer três horas em aula. O que, estranhamente, é chato. Porquê? Porque me deixa sem nada para fazer. Os caloiros que têm aparecido não os posso praxar porque não tenho andando trajada e o pessoal acaba por dispersar. O que me deixa aqui feita anti social na sala de informática a escrever no blog e a enviar mails. Gostava mais quando era anti social na minha própria casa (não que esteja muito longe, não é, eu vivo na escola xD)

Noutros assuntos, passei-me com este estupido pc da escola que decidiu bloquear quando estava a escrever e perdi a informação e fiquei sem pica para reescrever. Ah, e tenho um afilhado xD LoL. Como a Jin e o Nuno sabem é o Luís que andava lá na ESAD e cá está no curso de Cinema e Produção Documentarial. Ontem andámos na Santa Odisseia (é o filha da Santa Cruzada e da Odisseia) em busca de uma casa para ele e depois à tarde tive a run some errands. À noite fizeram-me uma boa acção (TENHO SECRETÁRIA NO MEU QUARTO, OH YEAH) e eu fui fazer a boa acção e fui transportar um peso enorme quase até ao outro lado da cidade, pelo que hoje tenho os braços todos doridos. Parece que tive uma daquelas aulas com o stôr Calado... Puff...

De resto, não tenho mais grande coisa para dizer. Vou para casa comer chocapic e escrever e talvez à noite saia um bocado. É assim... *sigh* (VENHAM PARA ABRANTES! ESTOU A MORRER!)

Fiquem bem...

Minna

13 setembro 2008

Amanhã Abrantes...

Bem, sinto-me...
...
um bocadinho...
...
eh...
... bem, vocês estão a perceber xD

Ontem fui fazer as matriculas e percebo completamente porque é que, cá em Portugal, não entram alunos com metralhadoras pelas escolas a dentro a matar os funcionários da secretaria. É porque eles são tão eficientes e simpáticos e avisam sempre os alunos a tempo das coisas que têm a fazer para se matricularem.

Acabando com a ironia, o meu dia de ontem foi uma treta. Demorei duas horas e meia na escola para fazer uma coisa que, se eu tivesse sido devidamente avisada (tal como todos os outros alunos, não foi só o meu caso), teria demorado por volta de meia hora, talvez nem tanto. Foi stress atrás de stress e tal. Pelo menos duas coisas positivas:
- já tenho casa. Fica a dois minutos da escola e da minha janela vejo o edifício. Acho que com sorte apanho a net de lá =D
- já comprei os emblemas todos para a capa e a minha mãe já mos coseu, tal como os botões que faltavam.

Porém acho que estas são as únicas vantagens porque, como já disse, vou estar sem pc o que significa que, mesmo que apanhe net, não tenho com que a apanhar. De qualquer maneira vou usar a sala de informática da escola para ir ver os mails, dar uns saltos ao msn, receber capítulos [xD] e escrever, como é óbvio.

É tudo porque tenho fome e vou jantar. E... btw... comentem ou arranco-vos os joelhos à dentada =D

Stay... like... okay.

Minna

09 setembro 2008

Stress... I'm dying!

Bem, para a semana vou estar de novo em aulas e por isso aqui estou eu de novo no blog para comemorar esse facto. Ou deprimir porque a vontade que tenho de voltar para Abrantes é a mesma que a de me atirar de uma ponte. Ou seja... nenhuma. Zero, kein(e) [sei lá qual é o género da palavra em alemão xD], nill.
Razões:
- vou mudar de casa [sei lá se os meus companheiros(as) de casa vão ser fixes, como vai ser o ambiente etc]
- escrita criativa é só no segundo semestre [ou seja, ainda vou ter de esperar mais quatro ou cinco meses para ter a disciplina que para mim é a principal no curso]
- não quero ir
- não vou ter net durante algum tempo [a não ser que haja um milagre qualquer]

Pronto, é isto gente... Nem sei se vou ter o meu pc na primeira semana por isso... vou morrer!!! Se for morar para a casa em que planeio a minha colega que vive lá tem portátil, talvez lho peça emprestado se ela não se importar. Porém gostava que as coisas este ano melhorassem e, com um ano de atraso xD, recebesse o meu portátil no Natal. Tudo vai depender e é preciso é ser optimista!

Vou deprimir mais um bocadinho e tentar canalizá-lo para a escrita. Fiquem bem...

Minna

08 julho 2008

Ttly de Férias!

Weeeee! Okay, hoje é que posso dizer que estou oficialmente de férias! Porquê? Entreguei finalmente o trabalho de semiótica o que significa que, até Setembro, não tenho que pensar em Abrantes, em aulas de trabalhos! Melhor ainda, fim do primeiro ano, significa que já não sou caloira! Weeee! Tudo isto para fingir que o facto de que o primeiro ano da universidade JÁ TER ACABADO não me estar a afectar minimamente. C'mon! Eu acabei de acabar o 12º ano! Ai... Tenho saudades da B&W, da Paris, das aulas de alemão... Tenho saudades do secundário, caraças!

Bem, como se costuma dizer, é a vida... Bem, só um desabafo... Fiquem bem, coisas =P

22 junho 2008

Bad Day

And in the end the only one who's always there for me it's... me.


Não tenho mais que estudar - só amanhã é que sei se tenho de ir a algum exame - e, sem aulas amanhã, não tive de ir para Abrantes. Antevisão: um Domingo animado a conversar na net ou no telemóvel. Realidade: recebi resposta a algumas mensagens e nada mais.


De qualquer maneira, gosto muito de vocês.


Minna

18 junho 2008

More things to do... and a little chorus



Everybody
Put up your hands say:
"I don't wanna be in love, I don't wanna be in love"
Feel the beat now
If you've got nothing left say:
"I don't wanna be in love, I don't wanna be in love"
Back it up now
You've got a reason to live say:
"I don't wanna be in love, I don't wanna be in love"
Feeling good now
Don't be afraid to get down say:
"I don't wanna be in love, I don't wanna be in love"


I Don't Wanna be In Love" @ Good Charlotte

10 junho 2008

08 junho 2008

Eclipse

Cada vez que acabo de ler um livro tão rápido e como este, sinto que fico anestesiada a tudo à minha volta, mas sensível a todos os mundos que rodopiam dentro do meu cérebro. Infelizmente isto não se estende apenas por umas horas, mas por dias e dias, o que não me dá muito jeito no momento porque vou ter frequências esta semana. Não há de ser nada, só vou ter de tentar desanestesiar-me.

Passando à frente, percebi que o Set tem razão. Eu não sou a Bella. Nunca fui. Só porque gosto do Edward – mais do que é saudável gostar de uma personagem ficcional –, sou “semi-nerd” como ela, tenho a estúpida propensão para quedas dela e… bem, não há muito mais para dizer, não quer dizer que seja – em termos de paralelismo, entendamos, people. Ainda não sou maluca o suficiente para achar que sou MESMO uma personagem de um livro. – a Bella.

Sinceramente sou outra personagem, mas não vou dizer qual. Até usaria o nome dele como nick, mas é um rapaz. Jeez, eu até nos livros tenho propensão para ter reacções e sentimentos mais parecidos com rapazes do que com raparigas. Por amor da santa, Minna, controla-te.

Bem, era mesmo só comentar isto.

Fiquem bem…

06 junho 2008

Sem nada melhor que dizer...

1. Choose a few of your own characters. Five at the most.
2. Make them answer the following questions.
3. Then tag three people.
4. Feel free to go ahead and add some questions yourself!!

OCs:
Milian
Kail


How old are you?
Milian: 16
Kail: 17


What's your height?
Milian: 1,67 m
Kail: 1,72 m


Do you have any bad habits?
Milian: I’m not used to be with people
Kail: I’m too self confident


Are you a virgin?
Milian: yes
Kail: no


Who's your mate/spouse?
Milian: I don’t have one
Kail: Me neither


Do you have any kids?
Milian: I don’t want to have kids
Kail: Not yet…


What's your favourite food?
Milian: uh… deer
Kail: I like rabbit


What's your favourite ice cream flavor?
Milian: What’s ice cream?
Kail: I don’t know what that is…


Have you killed anyone?
Milian: No.
Kail: Yes.


Do you hate anyone?
Milian: I don’t really think so.
Kail: My dad.

Have any secrets?
Milian: Yes.
Kail: Maybe…


Do you love anyone?
Milian: I don’t think so…
Kail: Yes, yes I do.


What is your job?
Milian: If you consider being a wizard trainee being a job, I am one.
Kail: I’m a future warlock


Boy or girl?
Milian: I’m a girl
Kail: I’m a men


What do you do to relax?
Milian: Sing
Kail: Magic


Who’s your best friend?
Milian: It was my twin sister… But I’m away from her for a long time, so maybe Even, my master.
Kail: I don’t have a best friend.


In school what was your favourite subject?
Milian: I never went to school.
Kail: I was thought by a wizard, I didn’t attend school.


Do you have any regrets in your life?
Milian: No.
Kail: Looking back, I may find one or two


Do you keep a diary:
Milian: No. I don’t like to write, although I learned how to do it.
Kail: I don’t, just a book with my spells


Someone so stupid you could kill:
Milian: uh… I don’t like to kill
Kail: I don’t recall anyone


“Think first, act later” or “Act first, think later”?
Milian: Think, maybe dream.
Kail: I’d rather think, but sometimes I act first.


What’s your favourite sport?
Milian: What’s a sport?
Kail: Uh?!


Lamest flirting line you used/was used on you?
Milian: I’m sorry, I don’t understand…
Kail: What are you talking about?



I tag… eh eh! Nunofsky and Kiko xD Go and do this!!! MWAHAHAHAHAHAHA!

03 junho 2008

Aulas até às 22:30 é de morrer!

Se eu pensava, no semestre passado, que ter aulas até às 20:00 era mau, era porque nunca tinha tido aulas até às 22:30 depois de ter entrado às 11 da manhã. Honestamente, é assim um bocadinho cansativo, principalmente quando só tenho uma pausa de uma hora para almoçar e outra de meia hora para o jantar. Bem, mas não posso reclamar que, pelo menos assim, posso me ir embora à quinta à tarde sem estar a faltar a aulas. Está bem que é uma aula teórica mas o semestre passado ia chumbando a Teorias da Comunicação por não meter lá os pés nas aulas teóricas. Conclusão, esta foi a última destas belas aulas – para quem não sabe próxima terça-feira é feriado – e posso dizer, muito alegremente, que não me lembro de metade da matéria xD

Passando à frente, este fim-de-semana não tenho o belo do ensaio e vou ver a “Paixão de Cristo”, que é o filme que vou analisar para o trabalho de Semiótica. Claro que eu não sabia que a referência do ensaio à professora Maria Romana – a melhor professora que há na minha Universidade – me custaria uma promessa de criar um clube de teatro no início do próximo semestre.

Bem, mas este fim-de-semana não vou só ver o raio do filme – na realidade estou a ver se faço isso sexta-feira – porque a minha paixão vai estar nas Caldas e eu quero estar com ele. O meu sonho vai ser realizado… Infelizmente o destino tem um sentido de humor muito estranho!! xD Personal joke kids. Porém, mesmo que não vá ter com ele à tarde, à noite vou, SEM FALTAR, à Pracinha =D

Em outros assuntos, alguém sabe onde é que posso arranjar assim um trabalho em part-time? É que eu quero ganhar um dinheirito, mas preciso de tempo para a carta. Já me propuseram a fruta, mas fico com um mês completamente “tapado” em que só posso ir às aulas durante o fim-de-semana e isso não dá muito jeito.

Bah… Amanhã tenho aula de reposição de Alemão às 9:00 da manhã! Isto não se faz a uma pessoa que saiu da escola às 22:30! Eu devia receber uma medalha! Bem, pode-se dizer que o meu prémio é um bom fim-de-semana de quatro dias, por isso é melhor calar-me xD

Vou acabar por aqui que ainda quero ir escrever qualquer coisita do meu projecto actual que, por acaso, está a ir num caminho muito bom. Acho que vou conseguir fazer alguma coisa decente disto.

É tudo…

Beijinhos aos meus meninos e meninas.

02 junho 2008

Bah... 3 Weeks to go and I'm FREEEEEEEE!!!


Pois, acho que o título diz tudo não? LoL. Bem, estou farta da escola e das aulas, a sério que estou. Ando-me a baldar um bocado mais do que devia mas não resisto a ficar na cama a dormir. Ontem nem me fui deitar muito tarde, deviam ser, no máximo, três e meia e, normalmente, quando isto acontece, acordo por volta das onze, o mais tarde uma. Entre oito e dez horas, é o que costumo dormir todas as noites… Hoje acordei às três e meia da tarde! E só me levantei porque um colega meu chamou-me para ir fazer um trabalho de grupo à escola ou teria ficado mais um bom bocado na cama. Não sei o que se passa, isto não é normal.

Em outros assuntos continuando no mesmo, devia começar a estudar. Bah… Não me apetece. Não tenho paciência para me sentar à secretária e tar a ler cenas super mega hiper secantes. Bem, pelo menos as duas primeiras frequências são Alemão e Teorias da Comunicação e sinto-me bastante segura em relação a elas. E tenho trabalhos para fazer! Bah, bah e BAH! [Pareço uma cabra xD]

Agora noutros assuntos MESMO, estou a ver que se calhar para o ano não fico na mesma casa. Tipo, eu gosto muito de estar aqui mas não me apetece muito tar a pagar à mesma os 125€ nos meses de Verão… Podem fazer falta ao senhorio mas a mim também me fazem… Dá para ajudar a pagar a carta e tal e coiso… E no inicio do próximo semestre já conheço pessoal e vai ser muito mais fácil de arranjar casa se não conseguir ficar aqui à mesma.

Bem, c’est tout…

01 junho 2008

Ir para Abrantes...

Odeio ir para Abrantes. A sério, como todo o meu ser, acho que é uma das piores coisas que me acontece durante toda a semana. É que nem é por ir para longe, nem porque significa que vou para as aulas e voltar a estudar feita maluca. E também não é porque a cada semana me aproximo mais das frequências e muito menos porque estou longe de todos os meus amigos do coração. É mesmo por causa das quatro (ou mais) valiosas horas da minha vida que perco em autocarros, rodoviárias e táxis. Uma santa tarde em que podia estar a fazer uma infinidade de coisas… Conclusão, quero o meu portátil. E a carta! Bah… Life sucks.